Nossas Redes Sociais
Notícias / Campo Limpo Paulista
Abrigo do Jello garante cuidado integral à vida animal

Publicado em 5 de Junho de 2012 às 07h21     Texto: Prefeitura Municipal
 
Atenção: você está lendo uma notícia antiga de 5 de Junho de 2012

Há mais de 20 anos Jello Mudri dedica sua vida ao cuidado de animais domésticos vítimas de maus-tratos. Há cinco anos, Jello retornou à Campo Limpo Paulista após morar em São Paulo e São Bernardo do Campo por muitos anos. O motivo foi justamente a dedicação aos seus animais. Em Campo Limpo Paulista, Jello fez contato com outros protetores de animais da região e iniciou um novo rumo no cuidado com os bichos.

A cada saída de sua casa, localizada no bairro do Botujuru, Jello retornava com um cachorro abandonado, a maioria vítima de maus tratos e abandono. Em menos de um mês vivendo no município, o protetor estava com 100 animais. “Percebi que era o momento de agir”, comentou. Jello foi um dos responsáveis que atuou em favor da audiência pública pela causa animal, realizada em 2008. No mesmo ano, o protetor iniciou seu trabalho através da ONG Abrigo do Jello, instituição que mantém até hoje e resgata animais em situação de vulnerabilidade para serem cuidados e colocados para adoção posteriormente.

Após o sucesso das suas campanhas pela causa animal, Jello estreitou seus laços com o poder público e no início de 2011 firmou parceria para realizar o Projeto Cãociente, cuja meta é a castração de 4 mil animais, entre cães e gatos, até o final de 2012. “Estou muito feliz, o projeto está próximo de alcançar a marca de 3 mil animais castrados”. A castração de cães e gatos não evita apenas a procriação indesejada, mas também previne o surgimento de possíveis tumores nos animais, como nas mamas das fêmeas.

Atualmente em seu abrigo, Jello possui 200 cães. O cuidado com cada animal é o mesmo, repleto de atenção e dedicação. No gramado do abrigo, é fácil perceber a felicidade com que os animais convivem entre si e com seu protetor.

Parceria

A atual parceria com a Prefeitura de Campo Limpo Paulista foi formalizada através de um convênio com validade até dezembro de 2012. Desde 11 de maio, os 30 cachorros do canil municipal foram transferidos para o Abrigo do Jello. No antigo espaço onde funcionava o canil, a prefeitura pretende construir uma nova UBS.

Jello ressaltou que seu abrigo não aceita animais de pessoas que queiram descartar sua cria. “A função do abrigo é receber os cães recolhidos pela prefeitura que estejam em situação de maus tratos ou vulnerabilidade, como animais doentes e que apresentem algum tipo de risco para a sociedade”, informou.

Para o protetor, antes de se adotar ou comprar um animal para criação, é extremamente necessário que o cuidador do animal faça um planejamento, pois a partir do momento em que ele é responsável pelo cão ou gato, essa vida não deve ser descartada como qualquer objeto.

Adoção

Aos finais de semana, o Abrigo do Jello realiza feiras de adoções em Campo Limpo Paulista e na região. Dos 30 animais que a prefeitura encaminhou ao abrigo, 13 foram adotados em um único dia. “Assim que o animal chega ao abrigo, ele passa por todos os cuidados com sua saúde, desde alimentação, banhos, abrigo, até vacinas e medicamentos quando necessário”, explicou Jello. Após os cuidados, os animais são levados para feiras de adoção organizadas pela entidade. “O trabalho do protetor é justamente esse, resgatar, cuidar e procurar um novo lar para o animal”, explicou Jello.


Mostre sua reação nesse assunto


Compartilhe

Leia Mais Notícias
Prefeito de Cajamar testa positivo para o coronavírus
Publicado em 10 de Julho de 2020 às 07h26
Sistema Detecta instala câmeras de segurança em Cajamar
Publicado em 8 de Julho de 2020 às 23h21
Mais Notícias