Nossas Redes Sociais
Notícias / Santana de Parnaíba
Cezar reúne imprensa da região para falar sobre impugnação

Nova eleição na cidade poderá custar cerca de 5 milhões de reais

Publicado em 23 de Maio de 2013 às 13h09     Texto: Cajamar NET
 
Atenção: você está lendo uma notícia antiga de 23 de Maio de 2013

Aconteceu na tarde dessa última quarta-feira, (22/05) no gabinete da prefeitura uma coletiva de imprensa, com o prefeito de Santana de Parnaíba Cezar, o presidente da Câmara Elvis e o vice-prefeito Boreli. Estiveram presentes, também, os secretários, e grande parte dos vereadores da Câmara municipal, que fizeram questão de demonstrar o apoio pelo prefeito.

Diversos temas foram abordados, mas a principal questão discutida com a imprensa foi à decisão tomada na data de (21/05) pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) de impugnar a candidatura do prefeito Cezar ao comando do executivo do município de Santana de Parnaíba.

Durante a coletiva, o Prefeito Cezar disse considerar-se injustiçado com a decisão. Ele destacou que foi inocentado em todas as instâncias, inclusive pela própria relatora do TSE Laurita Vaz, em decisão divulgada em 1º de novembro.

Porém, coincidentemente, após a entrada do advogado Fernando Neves – irmão do ministro do TSE Henrique Neves – em 12 de novembro de 2012, para defender a coligação do ex-prefeito Silvio Peccioli, a relatora voltou atrás na sua decisão e decidiu levar o processo para julgamento pelo colegiado, que resultou na impugnação. E o que mais causou estranheza é que processos semelhantes ao do prefeito Cezar foram absolvidos pelo próprio TSE.

O presidente da Câmara Municipal Elvis Cezar também expôs sua insatisfação com a decisão e ressaltou que o desejo da maioria da população, que elegeu Cezar com quase 52% dos votos não está sendo respeitado. “O quadro é uma violação à democracia. Nós vamos ter uma nova eleição e que mais uma vez quem vai decidir é a população”, disse.

Elvis ressaltou ainda sobre o alto valor que será gasto nessa nova eleição, sem contar ainda que o andamento da administração política sofrerá danos.

“Será gasto nesta nova eleição, algo em torno de R$ 5 milhões. O TSE vai fechar escolas para a instalação de urnas eletrônicas. O cidadão terá que perder um dia de descanso para se locomover até sua zona eleitoral e tudo isso porquê? Pela impugnação de uma candidatura por causa de uma dívida de cerca de R$ 5 mil reais. E ainda tem mais, contratos ficarão parados, novas licitações deixarão de ser efetuadas por que tudo para mediante o período eleitoral”.

O prefeito Cezar encerrou a coletiva agradecendo a presença de todos e pedindo mais uma vez o apoio da população. “Eu, Cezar, na eleição passada, fui de casa em casa, peguei na mão de todo mundo, tomei café, abri meu coração e vou fazer isso de novo. Vou de casa em casa e pedir mais uma vez o voto da população, para podermos ganhar com mais de 52% e continuar com o trabalho que estamos realizando para oferecer uma melhor qualidade de vida a todos os moradores da nossa cidade”, afirmou.


Mostre sua reação nesse assunto


Compartilhe

Leia Mais Notícias
Agentes da Defesa Civil de Cajamar recebem novos uniformes
Publicado em 29 de Junho de 2020 às 04h04
Lotofácil dobra o número de sorteios semanais
Publicado em 24 de Junho de 2020 às 15h00
Quina de São João vai sortear R$ 140 milhões no dia 27
Publicado em 23 de Junho de 2020 às 10h26
Mais Notícias