Nossas Redes Sociais
Notícias / Jundiaí
Jundiaí faz parceria com o Exército para montar hospital de campanha

O custo será menor em comparação aos hospitais de campanha montados do zero no país

Publicado em 8 de Abril de 2020 às 17h12     Texto: Prefeitura Municipal
 

O prefeito Luiz Fernando Machado esteve, nesta quarta-feira (8), na sede do 12º Grupo de Artilharia de Campanha (GAC), local, que, após avaliação do Comando do Exército, está autorizado para abrigar, em caso de agravamento da situação epidemiológica da cidade, um hospital de campanha com capacidade para até 50 leitos de enfermaria. Dedicados, assim, ao atendimento dos pacientes de Jundiaí e região com quadro leve de coronavírus.

Luiz Fernando ficou em contato permanente, nos últimos dias, com o comandante, o tenente-coronel Tiaraju de Mesquita, para tratar da possibilidade de cessão do local. De acordo com o prefeito, a opção pelo 12º GAC se deve ao fato de o local já contar com toda a estrutura montada, dependendo apenas do deslocamento de macas, já disponíveis no Hospital São Vicente de Paulo, além de geradores, separadores de leitos e transporte dos insumos.

“O custo será menor em comparação aos hospitais de campanha montados do zero no país e, além disso, ganhamos na otimização do tempo dispensado à organização do local, já que temos o aparato de maior complexidade disponível”, avalia o prefeito, que coordena o Centro de Enfrentamento ao Coronavírus. “Essa parceria deixa ainda mais em evidência o espírito cívico do exército que nos auxiliou em outras ações de caráter social, como nos trabalhos de combate à dengue e, agora, na atual crise da Covid-19, na desinfecção das ruas da cidade e no apoio aos projetos sociais de montagem das cestas básicas para famílias de baixa renda e dos espaços que abrigam as chamadas unidades sentinelas para o atendimento de saúde”, detalha.

De acordo com o gestor de Saúde, Tiago Texera, que acompanhou a vistoria às dependências do 12º GAC, o uso do espaço se dará somente em caso emergencial, nas condições de transbordamento da rede hospitalar pública de saúde. “Recentemente, Jundiaí ampliou em 240% o número de leitos exclusivos para o atendimento aos casos do Novo Coronavírus. Como resultado deste planejamento, temos 82 leitos de alta complexidade no São Vicente para pacientes com insuficiência respiratória e averiguação de Coronavírus. Ainda nesta semana, uma nova reorganização no São Vicente possibilitou a ampliação para 116 leitos, todos exclusivos para o tratamento de coronavírus”, afirma o gestor.

Na sede do Grupo de Artilharia, os leitos de enfermagem serão organizados nas salas de instrução do curso de formação de sargentos do quartel. Na agenda desta quarta-feira, foi possível vislumbrar uma perspectiva de como ficará o espaço, ainda sem as macas e os demais equipamentos hospitalares.

Também estiveram presentes o gestor de Segurança Municipal (UGSM), Paulo Giacomelli Stel; a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde, Fauzia Raíza; o responsável pelo Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), Aloyzio Queiroz; e o superintendente do HSV, Matheus Gomes. Mais informações sobre o enfrentamento ao Coronavírus podem ser consultadas no site da Prefeitura.


Mostre sua reação nesse assunto


Compartilhe

Leia Mais Notícias
Prefeito de Cajamar testa positivo para o coronavírus
Publicado em 10 de Julho de 2020 às 07h26
Sistema Detecta instala câmeras de segurança em Cajamar
Publicado em 8 de Julho de 2020 às 23h21
Mais Notícias